quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Tempo de decisões

Tomamos decisões todos os dias, quer seja sobre o que vestir, o que comer, o que falar... Mas sabemos que as nossas decisões serão as melhores se forem de acordo com a vontade de Deus.
Fui um acampamento onde tinhamos aconselhamento, e num dos dias foi acerca de decisões. Separei então uns principios Bíblicos para ajudar nos tempos de decisão.


1.Considerações espirituais:
-Como é que a decisão que estou a tomar vai afetar a minha relação com Deus? Temos de pensar muito bem acerca deste assunto pois qualquer decisão que tomemos, boa ou má, irá afetar esta relação.

---------''Tudo é permitido", mas nem tudo convém. "Tudo é permitido", mas nem tudo edifica.
Ninguém deve buscar o seu próprio bem, mas sim o dos outros. (...)
Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.''
1 Coríntios 10:23 e 31


- Quando temos dificuldade em decidir acerca das coisas, ou estamos em dúvida, perguntemo-nos o seguinte: qual das nossas opções vai glorificar mais a Deus? eliminando desde o principio as opções que não dão glória a Deus.

-----------''Para isso vocês foram chamados, pois também Cristo sofreu no lugar de vocês, deixando-lhes exemplo, para que sigam os seus passos.''
1 Pedro 2:21

-O que faria Jesus no nosso lugar? Será que Ele tomaria essa decisão? Temos de seguir o exemplo de Cristo, sempre. 

----------''Portanto, você, por que julga seu irmão? E por que despreza seu irmão? Pois todos compareceremos diante do tribunal de Deus.
Porque está escrito: " ‘Por mim mesmo jurei’, diz o Senhor, ‘diante de mim todo joelho se dobrará e toda língua confessará que sou Deus’ ".
Assim, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus.''
Romanos 14:10-12

-Será que nos vamos sentir orgulhosos da decisão que tomámos no dia do julgamento? ou será que vamos ter vergonha dessa decisão? pois todos iremos prestar contas de tudo o que fizemos nesta terra, e é melhor que tomemos decisões das quais nos iremos orgulhar.

2.Considerações sobre as nossas relações:
-Como é que a minha decisão irá afetar os meus relacionamentos?

----------''Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros, pois aquele que ama seu próximo tem cumprido a lei.Pois estes mandamentos: "Não adulterarás", "não matarás", "não furtarás", "não cobiçarás", e qualquer outro mandamento, todos se resumem neste preceito: "Ame o seu próximo como a si mesmo".
O amor não pratica o mal contra o próximo. Portanto, o amor é o cumprimento da lei.''
Romanos 13:8-10

-Pensar acerca da decisão que tomámos, gostaríamos de estar na situação do outro que está envolvido? e analisar muito bem se devemos ou não tomar essa decisão, pois devemos ''amar o próximo como a nós mesmos'' e por isso se não gostaríamos de estar nessa situação, não a devemos provocar.

-----------''Afastem-se de toda forma de mal.''
1 Tessalonicenses 5:22

-Será que esta decisão é errada? ou correta? Se aos olhos dos outros parece errada, devemos prestar bem atenção, pois o que parece mais importante para nós, pode não ser o mais importante na realidade. Se duvidamos nem que seja um pouquinho, não a devemos tomar, devemos esperar pela direção de Deus pois a Sua vontade é ''Boa, perfeita e agradável''.

---------''Portanto, deixemos de julgar uns aos outros. Em vez disso, façamos o propósito de não colocar pedra de tropeço ou obstáculo no caminho do irmão.''
Romanos 14:13
------------''Aquilo que é bom para vocês não se torne objeto de maledicência.''
Romanos 14:16
------------''É melhor não comer carne nem beber vinho, nem fazer qualquer outra coisa que leve seu irmão a cair.''
Romanos 14:21

-Será que a minha decisão fará com que alguém se desvie? se afaste de Deus? altere a sua relação com Ele?
temos de prestar atenção aos nossos irmãos e não escandalizar alguém de forma alguma.

3.Considerações interiores:
-Como vai afetar esta decisão a minha vida, o meu futuro?

---------"Tudo me é permitido", mas nem tudo convém. "Tudo me é permitido", mas eu não deixarei que nada domine.
1 Coríntios 6:12

-Temos de tomar decisões que valem a pena, e que servem para um bom propósito e não deixar que elas nos dominem. se não serve para nada e ainda nos domina, o melhor que temos a fazer é não fazer isso, não tomar essa decisão.

----------''Assim, seja qual for o seu modo de crer a respeito destas coisas, que isso permaneça entre você e Deus. Feliz é o homem que não se condena naquilo que aprova.Mas aquele que tem dúvida é condenado se comer, porque não come com fé; e tudo o que não provém da fé é pecado.''
Romanos 14:22-23

-Será que é mau fazer algo que pensamos que está errado? -SIM
Se pensamos que não é bom, não o devemos fazer.

----------''Quando você fizer um voto, cumpra-o sem demora, pois os tolos desagradam a Deus; cumpra o seu voto.''
Eclesiastes 5:4

-Ter cuidado para que a decisão que estamos a tomar não afecte ou não nos deixe cumprir uma promessa que já fizemos antes. Se for para afetar uma promessa, não devemos tomar essa decisão, pois a Bíblia ensina que devemos honrar a nossa palavra e cumprir as nossas promessas.


Espero que isto nos ajude a tomar as melhores decisões possíveis de acordo com a palavra e a vontade do Senhor, e não esquecer nunca que vale a pena esperar! vale a pena esperar para ver qual a vontade d'Ele , porque é boa, perfeita e agradável.