sexta-feira, 16 de novembro de 2012

''Em frente a quem?''

Somos humanos. E cristãos. Uns são apenas humanos. Outros querem ser  cristãos; mas não acho que podem fazer parte da 2ª categoria sem fazer parte da 1ª!
Podem fazer parte da primeira sem fazer parte da segunda, isso é certo; mas o melhor é mesmo fazer parte de ambas as categorias!
A partir de aqui quero desviar o assunto  para uma situação criada (ou escondida) por nós, a desculpa que muitas vezes utilizamos: ''somos humanos'': comporta-mo-nos de uma maneira a sermos vistos pelas pessoas, e só por elas!
Mas virá um dia em que estaremos em frente a Outro, não em frente às pessoas, mas sim em frente a Deus.
Estaremos à frente dAquele que conhece todas as nossas preocupações, todos os nossos pensamentos mais obscuros e os desejos mais profundos do nosso coração, dAquele que conhece todas as nossas motivações...Ele conhece tudo aquilo que os homens não conhecem ou vêem! Como vai ser nessa altura para nós? Como nos iremos sentir?
Sentiremos vergonha ou conseguiremos estar com a cabeça levantada?
Uns de nós tentaremos levantar a cabeça e afirmar: ''Deus, nós trabalhámos em Teu nome!''.
A estes, Deus dirá: ''Nunca vos conheci!'' Outros dirão: ''Quando Deus?'' E Ele responderá: ''Sempre que fizeram com um coração sincero e limpo''. Mateus 25:32-46.

Mas, até lá, os pertencentes à primeira categoria vão estar preocupados com que o mundo diz, para eles não é (assim tão) importante o que Deus diz. É muito mais importante aquilo que os outros pensam e dizem sobre as suas acções, ou seja estão mais preocupados em agradar às demais pessoas e principalmente às pessoas de maior ''autoridade'' e que têm mais influência na sociedade. Preocupam-se em ser mais conhecidos, e da ''melhor'' maneira possível, em serem bem vistos pelos outros.

Esquecemos-nos muitas vezes que este mundo e as pessoas daqui são passageiras, e tudo passará, e as nossas acções são esquecidas à frente dos homens, mas Deus sabe de tudo, a quem é mais importante agradar? Àquele que nos dá paz e felicidade, ou às pessoas deste mundo que tantas vezes nos desiludem e magoam?
Não digo que não devemos agradar às pessoas, muito pelo contrário, mas essa não deve ser a nossa maior preocupação, a nossa maior preocupação deve ser agradar a Deus!




Mas nós, os pertencentes às duas categorias, os humanos, mas ao mesmo tempo cristãos, devemos estar preocupados em agradar a Deus pois é Ele que nos conhece e nos sonda, e foi Ele que nos criou para um belo propósito.

Portanto, devemos pensar em agradar Àquele que realmente importa agradar para naquele dia podermos estar com a cabeça levantada e orgulhosos de tudo o que fizemos na nossa vida, e tudo o que fazemos deve ser para Ele: ''Porque dEle e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Ele eternamente. Amén.''(Romanos 11:36) 

Em frente a quem queres dar-te bem? Pensa bem antes de responder, e depois, age em relação à tua decisão. 


P.S: lê também Apocalipse 22:11-21